We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Somos menos, mais velhos e pobres

1 1 378
27.08.2021

O principal problema estrutural que temos pela frente é o da demografia.

Sei que não é uma questão para aqueles que só se preocupam em fazer a política do dia-a-dia e do espetáculo para as televisões, mas esquecem que estamos a comprometer o futuro. Sei que este é um tema que não rende votos nem ganha eleições, mas é com toda a certeza o maior desafio que temos de vencer. Sei que não é um ponto da agenda política, mas deve ser abordado em todas as oportunidades, pois estão em causa, a curto prazo, a própria organização político-social e a nossa identidade enquanto povo. Quando fechamos escolas inauguradas há poucos anos para aí instalarmos lares, é sinal de que alguma coisa falhou e que precisamos de repensar algumas políticas.

A redução drástica da natalidade e o envelhecimento da população são duas realidades que temos de enfrentar, rapidamente, com medidas rápidas e consequentes.

Os números mais recentes fazem soar todas as campainhas de alarme. Vamos ao caso da Madeira: já somos menos de 254 mil residentes, o saldo entre nascimentos e óbitos agrava-se a cada ano que passa, o número médio de filhos por mulher voltou a baixar para 1,14 no ano passado;........

© Observador


Get it on Google Play