We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

O jovem Sinfonias

4 0 0
09.09.2021

Até aos nove anos de idade, em terras brasileiras, estudava latim, inglês e francês, depois, já em Luanda, apanhou energicamente da senhora professora primária – nascida em Lisboa, filha do Estado Novo e irmã da arrogância, típica de quem desconhece o que são Direitos Humanos – só porque “falava brasileiro”.

Aos dez anos e meio de idade foi morar na casa da avó materna, nas Caldas da Rainha. A sua vida passou a ser comum, diria mesmo, pobre. Os seus professores mal sabiam falar a língua materna, os colegas “de estudos” andavam descalços, a correr por ruas de terra e a acreditar que o futuro era apenas uma bola de futebol.

Só e desamparado, refugiou-se nos livros que tomava de empréstimo na Biblioteca da Gulbenkian (que em boa hora lhe fora apresentada pelo avô paterno), situada nos desafortunados pavilhões que jazem no Parque D.........

© Jornal das Caldas


Get it on Google Play