We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

“Quem ainda se interessa pela...”

6 0 0
27.11.2021

No passado dia 18 de novembro, quinta-feira, celebrou-se, uma vez mais, mundialmente, o dia da Filosofia. À semelhança do que se tem observado na última década ou por aí quase não se deu conta da sua ocorrência. Nenhum órgão de informação de massas o assinalou. É notório, e não é coisa recente, o desinteresse cada vez maior que a Filosofia suscita dentro e fora do sistema educativo. Ouvem-se aqui e ali menções à sua importância, até mesmo à sua necessidade, em particular porque fornece “ferramentas para o pensamento crítico” – expressão francamente enfadonha! – dizem, mas depois o seu estudo nos ensinos pré-universitário e universitário mirra a cada ano, os eventos filosóficos ficam com salas desertas, a presença de filósofos no espaço mediático, inclusive quando se discutem questões com aspetos e contornos filosóficos, é praticamente nula. Talvez tenhamos, então, de reconhecer que o cosmólogo britânico Stephen Hawking e o físico estadunidense........

© Correio do Minho


Get it on Google Play