Ninguém tinha dúvidas sobre as dificuldades que o Sporting iria encontrar em Famalicão no acerto do calendário, que se mantinha incompleto desde a jornada vinte.

Sem ter conseguido uma exibição brilhante, o Sporting entregou-se no entanto à luta com muita abnegação e acerto acabando por vencer por um escasso golo de diferença, que lhe valeu a conquista dos desejados três pontos, ficando assim mais escancaradas as portas do próximo título.

Passaram a faltar agora cinco jornadas, nas quais os leões vão disputar três jogos em Alvalade, com o Vitória de Guimarães, Portimonense e Chaves, e dois fora, no Dragão e no Estoril, o que significa que a estrada até ao título nacional ficou mais atapetada de verde, não parecendo possível à concorrência uma aproximação na tabela.

Aliás, até o Futebol Clube do Porto, agora a 18 pontos da liderança, ficou praticamente fora da corrida, podendo até vir a agravar ainda mais a sua já débil situação, uma vez que, a onze pontos do Benfica, fica igualmente com muito escassas possibilidades de chegar à próxima edição da Liga dos Campeões Europeus.

Com algum tempo ainda para jogar, é justo afirmar-se desde já, que o Sporting se tem afirmado como a melhor equipa deste campeonato, contribuindo para essa designação o facto de ter marcado até agora 84 jogos em 29 jornadas, o que perfaz a sensacional média de 2.89 golos por desafio.

Fica para a história esta marca, que os leões poderão vir ainda a melhorar nos cinco jogos que estão por disputar, a coroar uma época de grande sucesso, que poderá também vir a ser melhorada com a possível conquista da Taça de Portugal.

Ainda que estejamos algo distantes do fim, os adeptos do Sporting entoam, já há algum tempo, hossanas de exaltação pelo excelente e persistente trabalho que Rúben Amorim tem produzido à frente do futebol leonino, e do qual se pode fazer um excelente balanço, mesmo sem que a temporada tenha chegado ao fim.

QOSHE - Tapete mais verde a cinco jogos do fim - Ribeiro Cristovão
menu_open
Columnists Actual . Favourites . Archive
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Tapete mais verde a cinco jogos do fim

17 8
17.04.2024

Ninguém tinha dúvidas sobre as dificuldades que o Sporting iria encontrar em Famalicão no acerto do calendário, que se mantinha incompleto desde a jornada vinte.

Sem ter conseguido uma exibição brilhante, o Sporting entregou-se no entanto à luta com muita abnegação e acerto acabando por vencer por um escasso golo de diferença, que lhe valeu a conquista dos desejados três pontos, ficando assim mais escancaradas as portas do próximo título.

Passaram a faltar agora cinco........

© Renascença


Get it on Google Play