Se este ano os russos derrotarem a Ucrânia, se Trump ganhar as eleições nos EUA, se a região separatista da Transnístria aderir à Federação Russa, se se aprofundar a divisão dentro da União Europeia entre países como a Hungria e a Eslováquia, com bloqueios a políticas de defesa e segurança na Europa que travem Putin, duas instituições ficarão paralisadas e em crise, a UE e a OTAN, e o risco de uma guerra na Europa será não só considerável como provável. Ou não. E o não será pior porque significa que os seus países com democracias ficarão sem política de defesa e externa com autonomia em relação à Federação Russa.

QOSHE - A sombra que ninguém vê - José Pacheco Pereira
menu_open
Columnists Actual . Favourites . Archive
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

A sombra que ninguém vê

25 22
24.02.2024

Se este ano os russos derrotarem a Ucrânia, se Trump ganhar as eleições nos EUA, se a região separatista da Transnístria aderir à Federação Russa, se se........

© PÚBLICO

Get it on Google Play