We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Bolsonaro é uma vitamina de dissonância cognitiva e falta de empatia

5 48 0
13.07.2022

Virou moda posar de conhecedor de política dizendo algo como "desde que um deputado homenageou um torturador no impeachment" descemos a ladeira.

São novatos da ala política, que têm como primeira referência do discurso bolsonarista algo bem recente, a homenagem feita ao torturador Brilhante Ustra durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff.

Colunistas do UOL

Traçar o marco temporal dessa forma é cômodo, já que requer pouca pesquisa, e também pode trazer um alívio psicológico a quem gosta de acreditar que "está do lado certo da história".

Se o ponto de alarme for este, basta colocar num mesmo balaio todos os que foram favoráveis ao impeachment e colocar sobre eles o carimbo de fascistas. Quem era contra o impeachment, portanto, sempre teve comportamento exemplar e nada tem a ver com este estado de coisas.

É o ápice do luxo psicológico acreditar que, mesmo fazendo parte de uma sociedade que esgarçou completamente seu tecido social, nada fizemos de errado. Estávamos certos, fomos incompreendidos e........

© UOL


Get it on Google Play