We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

António Costa, a Carochinha e o João Ratão

2 1 0
09.01.2020

A metáfora inspirada no conto popular a que o primeiro-ministro recorreu, esta semana, para demonstrar que não está preocupado com a aprovação do Orçamento do Estado para 2020 é paradigmática do novo tempo político que estamos a viver, por comparação com aquele que vivemos na anterior legislatura.

Primeiro, porque, ao contrário do que seria expectável, António Costa não se vê na pele de Carochinha, tão esbelta e bonitinha, à janela, clamando que alguém "case" com ele. Mas também não parece imaginar-se no papel de João Ratão, nem no de nenhum dos outros animais que passaram, entretanto, por aquela janela, à procura de casamento. O primeiro-ministro está aparentemente confortável no papel de "solteiro", ainda que sem maioria no Parlamento. Estado da relação? É complicado.

A 6 de outubro de 2019, os eleitores quiseram deixar duas mensagens muito claras ao Partido Socialista: a primeira foi que não lhe queriam confiar uma maioria absoluta. E a segunda, que decorre da primeira, que estavam satisfeitos com a solução política da "geringonça" e queriam a sua continuidade. Por injusto que isto possa ter parecido ao PS - e a António Costa, em particular -, esta é a realidade com que todos os........

© TSF Rádio Notícias