Que o Big Brother Brasil, o BBB, é um antro de abusos, preconceitos e crimes - como o racismo - transmitido ao vivo por meses pela TV Globo todos os anos não é novidade para ninguém. E embora haja tantos absurdos - e, volto a repetir, crimes - a emissora segue impune e com a atração no ar.

E o que o diretor do programa, José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho fez para "convencer" Davi a ficar no programa neste domingo (11) é claramente assédio moral. E deve entrar para a lista de crimes impunes cometidos no programa.

A relação entre Davi e Boninho é uma relação de funcionário e chefe. Quando o motorista de aplicativo baiano aceitou o convite da Globo, ele fez um contrato para trabalhar exclusivamente para a emissora durante os meses da atração.

Diretor do programa, Boninho é o chefe de Davi, que está isolado no BBB e sendo alvo de seguidores achaques e críticas, incluindo racismo, por parte de outros participantes, em especial as subcelebridades Wanessa Camargo e Rodriguinho.

Neste domingo (11), Davi falou claramente que o assédio - não o de Boninho, mas de Wanessa e Rodriguinho - está abalando seu emocional e causando danos físicos.

"Meu emocional tá abalado e isso tá me causando danos físicos. E se eu enfartar? E se eu tiver um AVC? É a minha saúde!", confessou em conversa com Isabelle.

Já chorando, Davi listou casos em que se sentiu perseguido e indagou: "O que eu faço aqui dentro que as pessoas enxergam de tão ruim em mim?". Em prantos, sinalizou que iria desistir.

No entanto, após conversa com Boninho, o motorista de aplicativo disse que ficaria na casa.

Mãe de Davi, Elisângela Brito falou que o filho tem histórico de problemas cardíacos e contou que ele já sofreu três princípios de enfarto quando serviu o Exército.

Um dos principais fatores para desencadeamento da doença cardíaca é o stress, a pressão emocional.

Após 19 dias de programa, a influenciadora Vanessa Lopes desistiu do BBB por problemas emocionais. Fora da casa, ela passa por tratamento psiquiátrico.

Na manhã deste domingo, Boninho cometeu um claro assédio para "convencer" Davi a ficar.

Parte da conversa foi vazada e mostra a ameaça feita por Boninho para que Davi seguisse no programa.

“Você sabe que você saindo perde tudo. Você tem consciência disso? Você perde a faculdade. Perde tudo", ameaçou.

No final de janeiro, Davi chorou ao ganhar uma bolsa de estudos para o curso que quiser após confessar que seu grande sonho era ingressar na faculdade de Medicina.

Boninho convenceu Davi a arriscar a saúde e permanecer sob escracho das subcelebridades usando como argumento que poderia acabar com o maior sonho conquistado pelo baiano na casa.

É um caso claro de assédio. Basta saber se entrará para a lista de atrocidades não punidas do programa ou não.

QOSHE - BBB 24: Boninho cometeu assédio ao "convencer" Davi a ficar no programa - Plinio Teodoro
menu_open
Columnists Actual . Favourites . Archive
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

BBB 24: Boninho cometeu assédio ao "convencer" Davi a ficar no programa

7 9
11.02.2024

Que o Big Brother Brasil, o BBB, é um antro de abusos, preconceitos e crimes - como o racismo - transmitido ao vivo por meses pela TV Globo todos os anos não é novidade para ninguém. E embora haja tantos absurdos - e, volto a repetir, crimes - a emissora segue impune e com a atração no ar.

E o que o diretor do programa, José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho fez para "convencer" Davi a ficar no programa neste domingo (11) é claramente assédio moral. E deve entrar para a lista de crimes impunes cometidos no programa.

A relação entre Davi e Boninho é uma relação de funcionário e chefe. Quando o motorista de aplicativo baiano aceitou o convite da Globo, ele fez um contrato para trabalhar........

© Revista Fórum


Get it on Google Play