We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

O “Alçapão de Abril”

6 0 2
27.04.2020

Em Portugal podemos festejar a liberdade. No tempo do Estado Novo havia métodos condenáveis para calar a voz de quem queria ser livre. Esses métodos não usavam as palavras “Liberdade” e “Democracia”, que na altura não constavam do vocabulário “oficial”.

A seguir veio o 25 de Abril, e a esperança de que essas práticas fossem eliminadas e nada surgisse para as substituir e para calar a voz de quem queria ser livre.

Infelizmente, cedo se tornou claro que as práticas do Estado Novo estavam a ser substituídas por outros métodos mais rebuscados na tentativa de disfarçar a sua função de abafar a Liberdade e impedir a Democracia.

Surgiu então o “Alçapão de Abril”, em cima do qual comissários políticos colaram autocolantes com as palavras “liberdade” e “democracia” e por onde passavam sons de cantigas pata adormecer os que queriam a verdadeira Liberdade e Democracia.

Quem nos “deu” música e colocou os autocolantes no “Alçapão de Abril” foram os comissários da mesma extrema-esquerda que esteve no Parlamento, de cravo........

© Observador


Get it on Google Play