We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

A ideologia de género não é ciência, é ideologia /premium

2 17 0
15.06.2019

A Congregação para a Educação Católica publicou agora a instrução “Homem e mulher os criou”, que recorda a incompatibilidade entre a ideologia de género e a antropologia cristã. Com efeito, o relato bíblico da criação refere que a espécie humana foi feita à imagem e semelhança de Deus e que, portanto, é divina e original a diferenciação dos sexos porque, como se lê no livro do Génesis, “Deus os criou homem e mulher” (Gn 1, 27).

Como declarou o Cardeal Giuseppe Versaldi, prefeito da Congregação para a Educação Católica, ao portal ‘Vatican News’, as “teorias do gender, particularmente as mais radicais, distanciam-se dos dados naturais, que substituem pela decisão do sujeito”. Segundo o Cardeal Versaldi, com esta ideologia “pretende-se eliminar a diferença sexual, tornando-a irrelevante para o desenvolvimento da pessoa”.

Este documento da Santa Sé, agora publicado, inicia-se com uma exposição introdutória sobre os “pontos de encontro e as críticas” da Igreja católica à ideologia de género. Esta instrução, embora crítica, elogia a “apreciável exigência de lutar contra qualquer expressão de injusta discriminação”, a maior consciência da “igual dignidade entre o homem e a mulher”, o “aprofundamento do valor da feminilidade” e o maior empenho na “educação das crianças e jovens para o respeito de todas as pessoas”, bem como pela rejeição de qualquer forma de bullying.

A segunda parte desta instrução consta de uma “reflexão crítica” sobre os aspectos que levam a propor, a nível antropológico, “uma identidade pessoal e uma intimidade afectiva radicalmente desvinculada da diferença biológica entre masculino e feminino”.

Na sua terceira e última parte, apresenta-se uma proposta de discernimento sobre “a verdade da pessoa e sobre o significado da sexualidade humana”, que é algo que cada pessoa “deve respeitar e não pode manipular como lhe apetece”.

Uma questão específica, abordada na instrução “Homem e mulher os criou”, diz respeito ao género neutro, ou terceiro género, cuja construção fictícia dificulta o processo de identificação sexual: “a formação da identidade baseia-se na alteridade; na família, a relação perante a mãe e o pai facilita à criança a elaboração da sua própria........

© Observador