We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Andamos a contar constipações (ou nem isso)!

4 12 1639
23.09.2020

A manipulação pelo medo continua. Maléfica e impune, numa destruição imparável da vida de todos nós.

A Saúde Pública esqueceu-se de qual o motivo da sua existência e está a criar a «doença pública», destruindo todo o normal funcionamento da sociedade e a saúde física e mental da população.

A Saúde Pública é definida como “a arte e a ciência de prevenir a doença, prolongar a vida e promover a saúde através de esforços organizados da sociedade” (Acheson, 1988; OMS). As atividades de Saúde Pública visam reforçar o sistema de ação e as melhorias nos serviços de saúde com o objetivo de manter os cidadãos saudáveis, melhorar a sua saúde e bem-estar e prevenir a sua deterioração. A Saúde Pública foca-se no total espectro de saúde e bem-estar e não apenas na erradicação de certas doenças. Definição adaptada da OMS Europa (texto reproduzido da Introdução ao Internato de Saúde Pública). A Organização Mundial da Saúde (OMS) define saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.

Como é que com estas definições de Saúde e de Saúde Pública, a Direção Geral de Saúde se presta a continuar a fazer o papel que mantém desde há 6 meses? Falando apenas de testes positivos de uma única doença e sua eventual mortalidade, negligenciando todas as outras centenas ou milhares de doenças e mortes que assolam a população portuguesa e que não param de aumentar? E ainda dizem que “a Saúde Pública foca-se no total espectro de saúde e bem-estar e não apenas na erradicação de certas doenças”.

Como é que as autoridades mundiais e nacionais de Saúde Pública podem alguma vez mais quererem vir a ser respeitadas quando são as primeiras a desrespeitar os seus próprios princípios, desrespeitando-nos, desta foram, a todos? Como é que alguma vez mais se pode voltar a........

© Observador


Get it on Google Play