We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Será incompetência? Ou será de propósito?

4 3 0
18.06.2019

Há quem estranhe a incapacidade do governo português em fomentar o crescimento económico. E se espante por o Estado dificultar o empreendedorismo e estrangular a iniciativa privada. E que se admire com uma carga fiscal que desincentiva, se assombre com as barreiras existentes à criação de novas empresas e ao lançamento de novos produtos e serviços e se surpreenda com a teia de clientelismo e corrupção que enviesam e diminuem a concorrência. Estas pessoas facilmente atribuem, erroneamente, tudo isto à incompetência governamental.

Mas será tanta incompetência humanamente possível? Será tanta insistência em políticas e regulamentos que destroem a economia apenas um erro com os qual os nossos governos nunca aprendem? Será que a grande fome da Ucrânia (1932—1933), o Grande Salto em Frente (1958—1960), ou a Revolução Bolivariana demonstram incompetência ou propósito? A leitura dos clássicos, de Esopo em particular, oferece-nos uma visão alternativa sobre a nossa política económica, das causas da nossa miséria e do nosso atraso nacional. Conta Esopo:

“Uns Ladrões[nota 1] assaltaram uma casa, mas não........

© Observador