We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

O empresário, o sociólogo, o aldrabão: uma análise /premium

3 10 0
31.12.2019

Augusto Santos Silva criticou a fraquíssima qualidade da gestão dos empresários portugueses e os empresários portugueses ofenderam-se, provando assim que o ministro dos Negócios Estrangeiros está certo: um empresário que, em vez de estar a trabalhar, liga ao que é dito pelo Governo português – conhecido por afirmar uma coisa e o seu contrário, às vezes na mesma frase – não pode ser grande coisa.

É óbvio que Santos Silva está certo. Os empresários portugueses são fracos. Por uma razão: são empresários portugueses. Da mesma forma que não há bons astronautas etíopes, bons pescadores suíços ou bons ananases siberianos, é impossível haver bons empresários portugueses. É uma espécie que não se dá bem nestas condições.

Basta isto para justificar o que disse Augusto Santos Silva. Nem é preciso ir buscar números, como o faz aqui Manuel Carvalho, o director do Público, em........

© Observador