We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Os malditos negacionistas do Observador 

4 13 446
23.09.2021

“Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão.” (Declaração Universal dos Direitos Humanos, art. 19°)

Quem nos nossos dias folhear um jornal ou ligar a rádio ou a TV, imediatamente se dá conta que eles crescem como cogumelos: são os negacionistas, e são criaturas perigosas!

Eppur si muove” terá murmurado Galileu ouvida a sentença. Afinal, existia um conhecimento sólido, milenar, do funcionamento dos céus, tudo batia certo, e duvidar disso, só podia ser negacionismo. Quase quatro séculos depois, revejo um livro sobre astronomia que tenho desde criança, e lá estava a nossa estrela, e os planetas nas suas órbitas, o sistema em volta da galáxia, a vida das estrelas, o nascimento e evolução do nosso quintal cósmico, novamente arrumado e, pasmem-se, também batia tudo certinho. Passadas já umas décadas, podemos hoje ver documentários fabulosos sobre o universo. Nestas décadas, o conhecimento evoluiu, e hoje já ninguém sabe dizer com segurança como o nosso sistema se formou: Júpiter viajou até junto ao Sol? Saturno afastou-o? Urano trocou de posição com Neptuno? planetas foram cuspidos, queimados pelo Sol, destruídos? pode o nosso ser um planeta de segunda geração?

A ciência é mesmo........

© Observador


Get it on Google Play