We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

O vírus é uma oportunidade de abolir o socialismo

4 45 245
21.03.2020

Ao contrário dos milhares de especialistas em epidemiologia recentemente revelados pelas televisões, não sei muito acerca do coronavírus, ou deste coronavírus. Sei que nas últimas décadas houve diversas epidemias que garantidamente devastariam a humanidade e que apenas devastaram fortunas incalculáveis a tentar combatê-las. Das vacas loucas à SARS original, da gripe suína à gripe das aves, passando pela pandemia de infantilidade que é o “aquecimento global”, inúmeras criaturas avisaram-nos inúmeras vezes para as calamidades que aí vinham. As calamidades não vieram. O que veio foi a factura das medidas que o medo das calamidades impôs.

A reacção ao coronavírus cumpre todas os critérios dos pânicos anteriores: os alertas da “comunidade científica”, que beneficia simbólica e materialmente da atenção; a histeria dos “media”, que não perdem uma aberta para anunciar o apocalipse; a dramatização dos políticos, que hesitantes ou eufóricos acabam por marchar ao gosto popular e aproveitam para reforçar o poder do Estado. Face à maioria dos pânicos anteriores, a diferença é que o coronavírus existe. E que, por muito que duvidemos da sua capacidade aniquiladora, não estamos certos de que seja relativamente inofensivo. Por enquanto, não conseguimos descortinar a voracidade do bicho, e é o desconhecido que nos inquieta. E é a........

© Observador


Get it on Google Play