We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Convite de António Costa a António Costa (e Silva) /premium

3 12 64
06.06.2020

O convite de António Costa a António Costa (e Silva) para salvar a economia foi uma ideia maravilhosa. Isto porque António Costa (e Silva) é genial. Claro que o governo tem sido uma girândola de génios, do Ronaldo das Finanças ao Mantorras da Economia, sem esquecer os diversos Quaresmas e Barriganas que integram a ilustre família Vieira da Silva. Mas António Costa (e Silva) é ainda mais genial do que os restantes. Prova? Se não fosse, António Costa, génio entre génios, não o escolheria.

O convite de António Costa a António Costa (e Silva) para salvar a economia foi uma ideia excelente. Isto porque António Costa (e Silva) é rápido. Em apenas dois dias, desenhou um plano para 10 anos. E note-se que trabalhou de borla. Se o governo não fosse forreta e lhe tivesse adiantado uns trocos, o coitado teria matutado por 10 dias e planeado a economia para o próximo meio século. Ou vinte dias para um século inteiro. E custava tanto patrocinar António Costa (e Silva) durante um mês e assegurar a nossa prosperidade até 2170?

O convite de António Costa a António Costa (e Silva) para salvar a economia foi uma ideia fantástica. Isto porque António Costa (e Silva) é realista. Há dois anos, afirmou que não valia a pena investir em Portugal porque, ao contrário do PSD do tempo de Álvaro dos Santos Pereira (palavras dele), o PS governa “em função do que dizem os autarcas e a opinião pública, sem haver uma visão”. Se cada empresário com dois dedos de testa e uma mão fora do bolso do contribuinte pensasse assim, haveria por cá muito........

© Observador


Get it on Google Play