We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Aborto: progresso ou retrocesso?

5 2 8
02.07.2022

Um mês depois de um juiz que defendia (ou defendeu) a penalização do aborto ter sido chumbado em Portugal para membro do Tribunal Constitucional, o Supremo Tribunal dos EUA revogou uma lei que permitia o aborto em todo o país.

Essa lei, ao contrário da maioria das leis que vigoram nos Estados Unidos – que são estaduais ou municipais –, era uma lei nacional.

A própria pena de morte varia de Estado para Estado.

Mas a permissão do aborto era extensiva a todo o território.

A esquerda naturalmente mobilizou-se e tem havido grandes manifestações contra a decisão do Supremo.

O que não deixa de ser contraditório: a esquerda é, de uma forma geral, favorável à descentralização.

A descentralização é mais democrática porque dá a cada Estado a liberdade de decidir por si, de acordo com a opinião dos seus cidadãos, não resultando de uma imposição do poder central.

Mais uma vez se constata que a esquerda (e a direita não é diferente…) não se regula por princípios mas por interesse: os princípios só são bons se vêm ao encontro das suas opiniões; caso contrário, são maus.

Sendo esta decisão do Supremo Tribunal legítima, e mais........

© Jornal SOL


Get it on Google Play