We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Por muito que queiram, não somos um país racista

4 0 0
25.01.2019

Por muito que queiram, não somos um país racista

Há uns bons anos quando se chegava a Lisboa pela Autoestrada do Norte defrontávamo-nos com, salvo erro, três prédios inacabados e com os tijolos à vista. Lá viviam centenas de pessoas, muitas com nacionalidade portuguesa outras não mas com origem em países africanos de língua portuguesa. E a miséria era muita. Frequentemente, morriam pessoas que caíam nos vãos projetados para os elevadores que nunca foram instalados, as confusões eram muitas e os confrontos com a Polícia também eram frequentes. Mais de 10 anos depois, somos confrontados com as imagens do Bairro da Jamaica, no Seixal, onde o cenário é em tudo idêntico.

A primeira coisa que me ocorre dizer é que nenhum país que se queira civilizado pode permitir tal degradação. A falta de condições habitacionais, de saúde e de higiene nunca auguraram nada de bom. É, pois, preciso erradicar a miséria daqueles bairros e dar condições condignas a quem lá vive e trabalha honestamente, seja português, cabo-verdiano, angolano, nepalês ou chinês. Este é um ponto fundamental que deixará de permitir que algumas cabeças tortuosas insistam que os portugueses são racistas porque, hipoteticamente, alguns polícias atuaram de uma forma selvagem.

Uma das notícias que mais me custou escrever foi aquando da minha........

© Jornal i