We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Não deixem que a Baixa seja uma feira de souvenirs

6 0 0
08.07.2019

Não deixem que a Baixa seja uma feira de souvenirs

É preciso que pessoas aí vivam para que os turistas ainda encontrem portugueses, sob perigo de correrem atrás do primeiro que encontrem para tirar uma selfie

Sou um daqueles alfacinhas que estão longas temporadas sem ir à Baixa, a dos turistas, das trotinetas, das selfies e dos engarrafamentos. Passo por lá de carro e conheço melhor as Portas de Santo Antão que o Rossio do Nicola, isto para não falar do Chiado, que fica ali ao lado mas parece que está a quilómetros. Neste último fim de semana fui desafiado a ir comer uma sandes de presunto a um espaço espanhol que abriu por aquela zona e fiquei espantado com o número de lojas de souvenirs de coisas portuguesas made in China. Porta a seguir a porta, mais do mesmo.

Nada tenho contra os negócios de pessoas que vêm de outras latitudes, bem pelo contrário, mas........

© Jornal i