We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Em ano de eleições, todos os euros são votos

2 1 0
05.07.2019

Em ano de eleições, todos os euros são votos

As eleições legislativas aproximam-se e nos próximos tempos vai ser um forrobodó de propostas para todos os gostos e feitios. Não haverá partido que não tenha solução para os graves – ou menos graves – problemas que o país enfrenta. Como se passassem uma esponja sobre tudo o que se tem passado e agora é que vai ser.

Atravessando Portugal um grave problema de natalidade, o PS já se chegou à frente e disse que pretende ver no seu programa eleitoral que os homens partilhem, pelo menos, 40 por cento do tempo de licença de paternidade com a mãe do bebé.

Mas é isto que vai ajudar os casais a terem mais filhos? O pai será melhor pai por estar em casa quase três meses? Isto faz algum sentido? Até parece que vivemos num país onde a produtividade é enorme e que ombreamos com as nações mais ricas.

Se há propostas que os partidos vão anunciar nos seus programas de Governo, até lá, António Costa e os seus ministros terão muito trabalho pela frente. O escândalo do fecho das urgências das maternidades que fez meio país ficar indignado, pelos vistos, também chegou ao Executivo que, contra todas as explicações dadas até agora, decidiu anular essa medida, criando uma rotatividade entre os médicos........

© Jornal i