We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Um Orçamento que esquece o essencial

4 1 1
13.10.2021

O maior e mais grave problema da economia portuguesa e das finanças públicas é a falta de crescimento das últimas duas décadas, que tem ramificações em tudo o resto: a estagnação dos salários no sector privado, a contenção dos serviços públicos, a austeridade mal disfarçada, o défice de investimento público, as taxas de imposto excessivas, um endividamento sufocante, etc., etc.

Os orçamentos anteriores à Covid apresentaram sérias deficiências: ignoraram o problema da estagnação económica; redução do défice público à custa de medidas e eventos excepcionais, tais como os dividendos do Banco de Portugal e juros baixíssimos do BCE; uma redução surpreendente do investimento público, que agravou a queda de capital do Estado;........

© Jornal Económico


Get it on Google Play