We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Ir além da cidade de 15 minutos

4 1 8
25.10.2021

Tudo parece indicar que os piores dias da pandemia de Covid-19 terão, finalmente, ficado para trás. Apesar das previsões iniciais de um êxodo urbano duradouro, as pessoas estão a regressar às grandes cidades. Mas a pandemia trouxe muitas mudanças urbanas potencialmente duradouras – incluindo a adaptação de ruas anteriormente usadas para trânsito automóvel e estacionamento a ciclovias, pequenas áreas de lazer e restaurantes.

Um dos principais conceitos urbanos que emergiu da pandemia é o da cidade de 15 minutos, ou bairro de 15 minutos, i.e., um lugar em que todas as necessidades do dia a dia – lojas, escolas, local de trabalho, consultórios médicos, parques, bibliotecas, restaurantes e outros serviços – possam ser satisfeitas num raio de 15 minutos de casa, a pé ou de bicicleta. O conceito, desenvolvido pelo urbanista francês Carlos Moreno e colocado em prática pela presidente da câmara de Paris, Anne Hildago, designa-se em francês “la ville du quart d’heure“. E os bairros de 15 minutos estão hoje na moda nos novos empreendimentos urbanos de cidades tão diversas como Paris, Portland ou Melbourne.

A cidade de 15 minutos visa reorganizar o espaço físico em torno da experiência humana do tempo. Os bairros tornam-se assim isócronos – cada área pode ser explorada no mesmo período de........

© Jornal Económico


Get it on Google Play