We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

No Brasil joga-se o futuro da democracia

3 5 116
18.10.2018

Embora já não sobrem mais de 10 dias, é ainda possível derrotar o candidato neofascista a presidente do Brasil.

Para o conseguir, é preciso que muitos dos que votaram nele na primeira volta arrepiem caminho e decidam, no dia 28 de outubro, votar em Fernando Haddad... ou, em alternativa, que optem por votar nulo ou em branco. Não há 50 milhões de neofascistas no Brasil. Muitos dos que votaram em Bolsonaro estão zangados com o PT e com as promessas que os seus governos deixaram por cumprir, estão exasperados com a insegurança que ameaça as suas vidas, estão cansados de uma corrupção endémica que a democracia veio expor de forma ainda mais flagrante e, claro, estão dececionados com o fim de um ciclo de progresso inédito que permitiu aos governos de Fernando Henrique Cardoso e de Lula da Silva tirar milhões de brasileiros da miséria mais extrema. Esta insatisfação não é uma singularidade brasileira. Bem pelo........

© Jornal de Notícias