We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Senhor Francisco

4 2 33
22.09.2021

Nas mãos do senhor Francisco era assim, havia sempre um livro por encadernar. Nós, o meu pai e eu, púnhamo-los nas suas mãos como bichos feridos, fracos na costura, quebradiços, mal respirantes, e ele levava-os pelo corredor longo. Até onde, eu não sabia, um esconderijo, uma gruta, um mistério, uma oficina.

Dias depois, vejam, os livros regressavam do corredor estreito para nos serem entregues à porta da rua feito tráfico, troca rápida nas mãos do senhor Francisco. Quase ilegal. Mas agora eram novos, as capas cunhadas a dourado, as lombadas brilhando. As mãos do senhor Francisco faziam palavras de ficar.

Eu tinha nove anos, começara a........

© Jornal de Notícias


Get it on Google Play