We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Um balanço e algumas irritações

4 0 5
14.10.2021

O dia 26 de Setembro de 2021, foi um bom dia para qualquer social democrata que se prese. Não foi o dia da libertação, mas esteve lá perto, sobretudo para os meus vizinhos, próximos e afastados, falo claro da população do Funchal. Com uma votação expressiva, em alto e bom som os funchalenses disseram: basta… e optaram por um novo projecto político para a sua cidade. Estou a ser simpático, pois estou a admitir que havia um projecto político anterior, o que não é bem verdade e foi também por isso que a Confiança, não sobreviveu e sucumbiu nas mãos da democracia.

A forma displicente como o anterior presidente abandonou o seu posto, a atitude arrivista do inquilino substituto e a total ausência de visão e de futuro para a capital ditaram o fim de um período obscuro e de má memória para os funchalenses. Mas atenção, a vitória do PSD/CDS nestas eleições não dependeu apenas do fraco desempenho dos anteriores mandantes. Antes pelo contrário, para os resultados eleitorais, contribuíram grandemente, a humildade, a visão e a esperança com que Pedro Calado e a sua equipa se apresentaram a estas eleições. Como diria o grande João Pinto (metaforicamente falando… claro): prognósticos só no fim do jogo… e o........

© JM Madeira


Get it on Google Play