O embargo ao petróleo russo deu-nos duas lições de geografia e história. A primeira, absolutamente evidente, é a de que países sem acesso ao mar têm muito mais dificuldade em assegurar alternativas ao petróleo russo, transportado por oleoduto, podendo condicionar as sanções contra Moscovo. Ao contrário de outras capitais, Budapeste, Bratislava ou Praga não podem recorrer a importações por mar.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante? Faça login Assine e continue a ler

Comprou o Expresso?

Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

QOSHE - Nadar no mar da Hungria - Ricardo Costa
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Nadar no mar da Hungria

4 1 1
03.06.2022

O embargo ao petróleo russo deu-nos duas lições de geografia e história. A primeira, absolutamente evidente, é a de que países sem acesso ao mar têm muito mais dificuldade em assegurar........

© Expresso

Get it on Google Play