We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Da filia à fobia: a pena que as tribos radicais estão a aproveitar como espada

6 6 193
08.08.2022

Se não usas a bandeira arco-íris és homofóbico; se celebras o dia do combate à homofobia estás a difundir a ideologia de género; se usas tranças "africanas" e és "branca" estás a fazer apropriação cultural; se não pedes desculpa pelo passado colonial és racista; se não usas pronomes neutros és transfóbico; se te identificas com outro género és uma ameaça à ordem de Deus; se achas que as alterações climáticas existem mesmo és um maluquinho do clima; se achas que essas alterações climáticas têm que ser estudadas e precisam de respostas razoáveis e equilibradas és um assassino da Terra-mãe; se não usas máscara e não desinfetas as mãos de 5 em 5 minutos és um egoísta irresponsável; se usas máscara e tomas todas as doses da vacina és um carneiro, um peão da nova ordem mundial; se achas que o excesso de escrúpulo sanitário é um atentado à Liberdade és um negacionista; se não tratas o teu cão como se fosse da família és um animal; se tratas o teu cão como se fosse da família és um animalista; se comes carne és um assassino; se não comes carne és um palerma.

O mundo livre debate-se, hoje em dia, com este tipo de problema: a divisão entre filia e fobia. Digo o mundo livre, porque o mundo não livre, aquele onde não havendo margem para estes entretenimentos auto-destruidores vai parecendo um El Dorado para muitos, não tem esse tipo de problema: pensas e fazes o que o ditador quer, ou não........

© Expresso


Get it on Google Play