António Costa governa através de anúncios. Faz de uma promessa um anúncio e depois trata o anúncio como se já fosse um resultado. Quando a promessa não se cumpre e o resultado não se vê, faz um novo anúncio... Nos serviços públicos o volume de anúncios deve ter sido, no entanto, inversamente proporcional à redução do investimento público. Os governos de António Costa foram aqueles que menos investiram (ainda que todos os anos tenham anunciado: “para o ano é que é”). O investimento público foi menor do que nos “terríveis” anos da troika. O aparentemente milagre revela-se uma “fraude” com a exposição dos crescentes problemas nos serviços públicos e a incapacidade de resposta do Estado aos desafios sociais crescentes num contexto externo mais difícil.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

Já é assinante? Faça login Assine e continue a ler

Comprou o Expresso?

Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

QOSHE - O ataque ao SNS - Miguel Poiares Maduro
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

O ataque ao SNS

4 1 12
19.06.2022

António Costa governa através de anúncios. Faz de uma promessa um anúncio e depois trata o anúncio como se já fosse um resultado. Quando a promessa não se cumpre e o resultado não se vê, faz um novo anúncio... Nos serviços públicos o volume de anúncios........

© Expresso

Get it on Google Play