Cada um de nós é, e continuará a ser, o resultado combinado do indivíduo que nasce, com a cultura, a educação e as experiências que vive ao longo da vida. Nesse contexto, apesar de frequentemente discutirmos se as nossas características são mais inatas ou mais adquiridas, a ciência tem mostrado que nem os genes nem a cultura determinam por si só o nosso destino. Deixo aqui um pensamento — depois da experiência individual e coletiva que vivemos nos últimos dois anos, jamais poderemos ser os mesmos e voltar à nossa vida tal como ela era antes desta pandemia. É crítico aprendermos com esta experiência e seguirmos caminho — mas um caminho naturalmente diferente.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

Já é assinante? Faça login Assine e continue a ler

Comprou o Expresso?

Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

QOSHE - Nunca mais seremos os mesmos - Maria Manuel Mota
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Nunca mais seremos os mesmos

5 0 0
17.07.2022

Cada um de nós é, e continuará a ser, o resultado combinado do indivíduo que nasce, com a cultura, a educação e as experiências que vive ao longo da vida. Nesse contexto, apesar de frequentemente discutirmos se as nossas........

© Expresso

Get it on Google Play