1 O Estado português não é mau apenas porque é grande, embora o facto de ser grande represente um custo excessivo para os portugueses. O Estado português é mau porque, além de ser grande demais, presta um serviço de fraca ou, em muitos casos, péssima qualidade. Com a pandemia e a guerra, as democracias liberais renderam-se ao “grande governo”, uma aparente inevitabilidade em tempos de crise. Mas, ainda assim, há Estados grandes que funcionam bem e Estados grandes que funcionam mal. O português está na segunda categoria.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

Já é assinante? Faça login Assine e continue a ler

Comprou o Expresso?

Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

QOSHE - O colapso do Estado - Luís Marques
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

O colapso do Estado

1 1 4
10.07.2022

1 O Estado português não é mau apenas porque é grande, embora o facto de ser grande represente um custo excessivo para os portugueses. O Estado português é mau porque, além de ser grande demais,........

© Expresso

Get it on Google Play