We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Quando uma mãe esfaqueia um filho por este não parar de jogar

1 1 40
19.08.2021

Uma mulher de 40 anos foi detida em Lisboa, após ter esfaqueado o filho de 19 anos que não parava de jogar videojogos. A mãe confessou o crime, alegando ainda ter-se sentido insultada e injuriada pelo filho. Esta notícia, apesar de vaga, conduz-nos a uma reflexão sobre o comportamento de jogo online e sobre as práticas parentais.

Quando utilizados de uma forma saudável e responsável, os benefícios dos videojogos podem ser muito diversos, na medida em que estimulam a atenção e a concentração, a capacidade de reação, a criatividade e os processos de tomada de decisão. O ambiente de jogo permite ainda um processo de aprendizagem com menos críticas e juízos de valor, potenciando uma sensação de independência e controlo sobre a situação. Ao mesmo........

© Diário de Notícias


Get it on Google Play