We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

De olho em ti

5 2 4
23.11.2021

A pulsão videovigilante está aí. No espaço público com gente, nas esquinas dos centros desertificados das cidades, nas empresas, o óculo vigilante tornou-se uma banalidade e uma panaceia. E, mais que isso, uma demonstração inquietante da facilidade de prescindir de direitos essenciais de privacidade em nome de uma segurança hipotética. O debate sobre videovigilância é um debate sobre liberdades e sobre o imperativo da proporcionalidade dos limites a essas liberdades. É um debate sobre até ponde estamos dispostos a ir na contração da nossa privacidade no combate à criminalidade. É um debate sobre a fronteira absolutamente essencial entre o........

© Diário As Beiras


Get it on Google Play