Para grande azar meu, Portugal e Gana defrontam-se amanhã, na primeira jornada do grupo H, do Campeonato do Mundo de 2022. Azar porque este é daqueles jogos que um adepto Português, a viver no Gana, tem tudo a perder.
O Gana qualificou-se eliminando a poderosa e eternal rival Nigéria, no playoff de acesso ao Mundial. Desde então, a Federação de Futebol do Gana reforçou o seu “plantel” com 2 nomes de peso: Tariq Lamptey (Brighton) e Iñaki Williams (Athletic Bilbao).
Iñaki, nasceu em Espanha, e é filho de imigrantes ganeses que atravessaram meia África, através das sobejamente conhecidas rotas de imigração, até chegarem à Europa. A história dessa “viagem”, como a de muitos outros imigrantes, está carregada de vários episódios milagrosos que foram fundamentais para que chegassem a Pamplona, onde recomeçaram a sua vida. Já Tariq Lamptey, filho de imigrantes ganeses , nasceu em Londres. Os dois jogadores nunca jogaram em jogos oficiais pela seleção ganesa e farão a sua estreia precisamente contra Portugal. Para além da estrela maior, Thomas Partey (Arsenal), temos ainda os irmãos Ayew: Jordan e André. Filhos do mítico Abedi Pelé, o mais conceituado jogador ganês de todos os tempos e sobrinho de Kwame Ayew, ex-avançado de Boavista e Sporting.
Não será certamente um jogo fácil para Portugal. Dos países africanos que eu conheço, o Gana é o país onde mais se vive o futebol. É muito comum, ao andar pelas ruas da capital Acra, ver miúdos ou adultos a jogar à bola em terrenos baldios, a maioria deles bem irregulares. Fora das grandes cidades, veem-se campos relvados um pouco por todo o lado.
A quantidade de jogadores Ganeses que proliferam pelos diversos campeonatos, por esse mundo fora, é impressionante. Os olheiros, detetores de talento futebolístico, enviados principalmente pelos clubes Europeus, são presença regular no país. É uma indústria que tem um peso importante na economia local. Para muitos miúdos, jogar futebol e ter oportunidade de sair para a Europa, pode ser o passaporte para uma vida significativamente melhor.
No dia posterior à vitoria de Portugal sobre a Nigéria por 4-0, um amigo Ganês confessou-me que estava com medo de Portugal. Medo tenho eu. Qualquer resultado que não seja a nossa vitoria sobre o Gana, tornará a minha vida no inferno.

QOSHE - Portugal — Gana - João Quaresma
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Portugal — Gana

3 0 1
23.11.2022

Para grande azar meu, Portugal e Gana defrontam-se amanhã, na primeira jornada do grupo H, do Campeonato do Mundo de 2022. Azar porque este é daqueles jogos que um adepto Português, a viver no Gana, tem tudo a perder.
O Gana qualificou-se eliminando a poderosa e eternal rival Nigéria, no playoff de acesso ao Mundial. Desde então, a Federação de Futebol do Gana reforçou o seu “plantel” com 2 nomes de peso: Tariq Lamptey (Brighton) e Iñaki Williams (Athletic Bilbao).
Iñaki, nasceu em Espanha, e é filho de imigrantes ganeses que atravessaram meia........

© Diário As Beiras


Get it on Google Play