No dia 23 de Março realizou-se a Manifestação Nacional de Mulheres organizada pelo MDM. Mulheres de norte a sul do País uniram-se e saíram à rua para que se cumpra Abril na vida de todas as mulheres, sem recuos nem retrocessos, com justiça e inclusão social, desenvolvimento, trabalho e igualdade.

Ao comemorarmos 50 anos do 25 de Abril de 1974, recordamos que muitos foram os avanços nos direitos da mulher, mas apesar de haver leis que afirmam a igualdade, as mulheres são as mais afetadas por doenças profissionais, pelos trabalhos precários, pelo desemprego e por trabalho a tempo parcial. Estão mais sujeitas a diferentes formas de violência, pela sua situação socialmente e economicamente mais vulnerável.

No nosso distrito são várias as necessidades sentidas: médico de família para todos (por exemplo no concelho de Almeirim), diminuição do tempo de espera para consultas, cumprimento da lei da IVG no Hospital de Santarém ou conclusão do IC3 e uma nova ponte na Chamusca.

Há também direitos transversais a todas nós que consideramos essenciais, como o aumento dos salários, reformas e pensões. Conciliar a vida familiar com a atividade profissional, sem abdicarem das suas carreiras e ambições, garantindo igualdade no acesso ao mercado de trabalho e sem discriminação. E o combate a todas as formas de violência contra as mulheres. Parar a guerra, dar uma oportunidade à paz e apelar à compreensão entre os povos é algo atual e urgente!
Após estas eleições, prevêem-se novos desafios que exigem mais participação das mulheres em defesa das conquistas de Abril, um agir coletivo e mobilização em prol de uma vida digna, com vontade e determinação para não perder os nossos direitos nem voltar atrás.

Ana Rita Monteiro – CDU Almeirim

QOSHE - Não há março sem abril - Almeirinense Author
menu_open
Columnists Actual . Favourites . Archive
We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Não há março sem abril

8 3
14.04.2024

No dia 23 de Março realizou-se a Manifestação Nacional de Mulheres organizada pelo MDM. Mulheres de norte a sul do País uniram-se e saíram à rua para que se cumpra Abril na vida de todas as mulheres, sem recuos nem retrocessos, com justiça e inclusão social, desenvolvimento, trabalho e igualdade.

Ao comemorarmos 50 anos do 25 de Abril de 1974, recordamos que muitos foram os avanços nos direitos da mulher, mas apesar de haver leis que........

© Almeirinense


Get it on Google Play