We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

“Cada bolsa tem de ser transformada num contrato de trabalho”

1 3 364
12.07.2018

Na atual legislatura, prometeu-se reduzir a precariedade na ciência mas até ao momento nada se concretizou. Vejamos.

I. O Decreto-lei 57/2016, alterado pela Lei 57/2017, prevê um regime transitório em que os bolseiros doutorados há mais de três anos nas instituições dão origem a concursos para contratos, pagos pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), se esta financiasse os bolseiros doutorados. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) demorou mais de seis meses a publicar a tabela remuneratória e as instituições também não mostram vontade de acelerar o processo, tentando mesmo algumas........

© PÚBLICO