We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Normalidade, dizem eles

2 12 226
02.03.2018

O alargamento da geringonça, agora a quatro (PS, PCP, BE e PSD), tem sido discutido do ponto de vista das vantagens eleitorais de cada partido. Mas há outro: é o das pessoas que votaram nesses partidos por levarem a sério os seus líderes e programas.

Por exemplo, os que votaram no PS por acreditarem no investimento e nos serviços públicos, para o verem depois a cativar e a cortar como nunca um neo-liberal se atreveria. Ou os que votaram no PCP e no BE por desconfiarem da UE e do Euro, apenas para os verem a votar os orçamentos ditados pela Comissão Europeia. Ou os que votaram no PSD por parecer a alternativa à esquerda, para o verem agora de “braço dado” com o PS e em “sessões de trabalho” com o PCP e o BE. Para esses eleitores, a política deixou de ser previsível ou inteligível.

Na quarta-feira, na Assembleia da República, chamou-se a isso “normalidade”. Com toda a razão. A normalidade em Portugal nunca........

© Observador