We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Dr. António Costa, não se esconda na floresta

6 16 639
23.03.2018

As populações rurais estão a ser pela segunda vez vítimas das políticas florestais do Estado. A primeira vez foi com a arborização dos séculos XIX e XX; agora, é com a “limpeza”, depois dos incêndios do ano passado. Da primeira vez, a florestação privou os habitantes do campo do uso das serras e baldios onde recolhiam combustível e pastoreavam gado. O chamado “regime florestal” condicionou severamente a vida nos campos, limitando os direitos dos proprietários. No romance Quando os Lobos Uivam, Aquilino Ribeiro descreveu a decorrente guerra entre as populações e o Estado.

Entretanto, a população trocou os vales e as montanhas pelos subúrbios de Lisboa ou de Paris. A floresta, inaugurada pelo Estado, alastrou sem qualquer controle, sob a forma de um mato cerrado de pinheiros e de eucaliptos, cercando e apertando estradas e casas. Das antigas comunidades rurais, restam sobretudo reformados, em aldeias........

© Observador