We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Costa devia ir à Tailândia. Para aprender /premium

1 5 703
12.07.2018

Portugal devia retirar várias lições com o que acaba de acontecer na Tailândia. Podia ser que assim não voltassem a acontecer tragédias como as dos fogos do ano passado. Primeiro aquela enorme fatalidade de Julho. Depois a repetição inaceitável e imperdoável de Outubro. Podem já estar a dizer que estou a ser demagógica. Populista. Infelizmente não estou. Há mesmo muito a aprender com os tailandeses. Passo já a explicar, feitas as devidas distâncias e estabelecidas as devidas diferenças.

Em Portugal, há uma tentação parola do país se gabar de ser evoluído, ocidental, moderno, vanguardista e estar sempre à frente dos acontecimentos. A que se junta a necessidade de fazer sobressair aquele lado de macho alfa lusitano: temos sempre os melhores bombeiros, os melhores investigadores, os melhores especialistas, os melhores qualquer coisa. Mas depois a política, ou melhor, a politiquice, acaba sempre por ser predominante. E não, nós não temos os melhores políticos.

Vamos recuar então a 2017. Como acontece com todos os governos, António Costa estava a acabar de reverter tudo o que fizera Passos Coelho. É sempre assim. Tenham sido boas ou más as mudanças feitas, entra um novo executivo e altera-se tudo outra vez. Ou simplesmente porque sim. Ou porque ideologicamente se pensa de maneira diferente. Ou, na maioria dos casos, porque há um regime partidário para alimentar com cargos para distribuir por muitos........

© Observador