We use cookies to provide some features and experiences in QOSHE

More information  .  Close
Aa Aa Aa
- A +

Procura-se Sindicato para ‘Millennials’

1 1 33
13.07.2018

É muito difícil construir um business plan a médio-longo prazo para uma empresa em Portugal. Relações laborais e fiscalidade são temas políticos especialmente sujeitos à demagogia das ideologias e não me lembro de termos passado mais do que uma legislatura sem mexidas nas leis laborais e fiscais mais ou menos relevantes.

Em ano pré-eleitoral nada melhor do que voltar a alterar a legislação laboral para animar as claques partidárias e reativar sindicatos que passaram os últimos três anos adormecidos pela narrativa doce da geringonça. Até ver, a alteração prevista é apenas para dar a ilusão de que um Governo de esquerda não pode deixar de rever a Lei, alegadamente em benefício dos trabalhadores.

Quando assisto às recorrentes discussões sobre legislação laboral, precariedade, recibos verdes e estabilidade, constato o quão confrangedor é perceber que sindicatos, políticos e a generalidade dos parceiros sociais continuam a tratar o tema como se o mundo não tivesse mudado. Como se empregadores e trabalhadores vivessem as relações laborais da mesma maneira que se vivia no tempo em que Portugal tinha saído de 40 anos de ditadura, tinha sobrevivido com dificuldade à destruição massiva do PREC e estava, finalmente, a tentar entrar numa economia liberal e global, nos anos 80/90 do século passado. Como se ainda existisse, em termos generalizados, a cultura do patrão mal formado e explorador do trabalhador sem formação e sem........

© Jornal Económico